CLIQUE ABAIXO
 
  Página Principal
  Agência de viagens
  Conheça
  Benefícios
  Hostels
  Associe-se
  Agências - Cadastro
  Reservas Nacionais
  Reservas Internacionais
  Dúvidas frequentes
  Produtos
  Descontos
  Convênios
  Cidades de São Paulo
  Divulgação
  Fornecedores
  Contato
 
 
NOSSOS PRODUTOS
 

CARTEIRA MUNDIAL DE ALBERGUISTA
 
 

CARTEIRA MUNDIAL DE ESTUDANTE
 
 
 
A HISTÓRIA DOS HOSTELS NO MUNDO

A Hostelling International, marca da rede mundial dos Hostels – a maior rede de hospedagem do planeta –, surgiu de uma filosofia de viagem que mistura a descoberta de culturas e pessoas com um turismo econômico e acessível a todas as idades.

Em 26 de agosto de 1909, o professor alemão Richard Schirmann idealizou a criação dos Hostels depois de ser surpreendido por uma tempestade, quando precisou refugiar-se ao longo de uma estrada. O primeiro Hostel começou a funcionar três anos mais tarde em um castelo em Altena, na Alemanha, monumento histórico restaurado e que funciona até hoje.

No final da década de 20, o alberguismo se difundiu por toda a Europa. Nesta época, houve um verdadeiro boom! de Hostels, que se espalharam por todo continente. Em 1927, foram criados Hostels na Suíça e na Polônia; em 1929, na Holanda; em 1930, na Inglaterra, Noruega e França, e, em 1931, na Irlanda, Bélgica e Escócia.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o movimento permaneceu estagnado e muitos Hostels foram destruídos. Em 1945, ao final do conflito, os mesmos começaram a ser restaurados e o movimento passou a ser considerado como uma forma de reintegração da juventude européia.

Só em 1934 o alberguismo chegou ao continente americano, mais especificamente nos Estados Unidos. Quatro anos depois, o Canadá também passou a integrar a rede de Hostels. A Argentina (1956) e o Uruguai (1958) foram os primeiros países sul-americanos a fazer parte do movimento. Ambos, inclusive, trabalharam pela expansão da rede na América e abriram as portas para o ingresso de Chile, Peru, Colômbia, Bolívia, Equador, Costa Rica, El Salvador e Brasil.


A HISTÓRIA DOS HOSTELS NO BRASIL

Os Hostels chegaram ao Brasil em 1961, através do casal de educadores cariocas Joaquim e Ione Trotta, que trouxeram a idéia para o País depois de terem visitado um albergue na França, em 1956.


O primeiro Hostel brasileiro recebeu o nome de "Residência Ramos" e foi instalado no bairro de Ramos, no Rio de Janeiro. Permaneceu aberto de 1965 a 1973. Neste mesmo período, funcionavam no estado de São Paulo dois Hostels, um na Capital e outro em Campos do Jordão, que foram fechados pelo Governo Militar sob a alegação de reunir jovens universitários.


Em 1971, foi fundada a Federação Brasileira de Albergues da Juventude (FBAJ), com sede no Rio de Janeiro, e em 1984 a Associação Paulista de Albergues da Juventude (APAJ), que durante a gestão de Franco Montoro à frente do Governo de São Paulo recebeu apoio significativo, inclusive com a doação de quatro imóveis – um em Campos do Jordão, um em Pindamonhangaba (ambos usados anteriormente por funcionários da Estrada de Ferro Campos do Jordão), um imóvel em Ubatuba e uma casa no Parque Estadual do Jaraguá, que foi habitada pelo bandeirante Afonso Sardinha. No início de 1986, João Dória Júnior assumiu a presidência da Embratur e incentivou o trabalho dos Hostels, tornando-os conhecidos em todo o Brasil.

O Brasil possui mais de 60 albergues credenciados pela Federação Brasileira de Albergues da Juventude, que estabelece metas e diretrizes de desenvolvimento para suas afiliadas e mantém contatos com as demais federações do mundo.
 
     
     
     
     
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE ALBERGUES DA JUVENTUDE - APAJ / APAJ VIAGENS E TURISMO LTDA - APAJ-TUR
Rua Sete de Abril, 404 - 12º andar - Conjunto 124 - Centro / CEP: 01044-908 - São Paulo - SP - Brasil
Próximo ao metro república - 30 metros
Tel.: 55 (11) 3258-0388 / Fax: (11) 3256-4626